São tantas as artistas que nos inspiram mas ocasionalmente aparecem algumas que nos tocam diretamente, seja pela delicadeza do trabalho ou os temas explorados. Uma dessas artistas é a Kazuko Aoki, cujos trabalhos têm me encantado profundamente. São trabalhos simples mas de uma graça sem igual, inspirados nos elementos de seu jardim. O projeto acima foi executado a partir de um de seus livros. Usei linha mouliné e diversos pontos: nó colonial, ponto cheio, haste e corrente e fios ancorados. Agora, só preciso achar tempo pra fazer a geléia desse pote.